Biólogos alertam como evitar infestação ou picadas de escorpião

Publicado por: Miken
01/07/2022 02:21 PM
Exibições: 24
Os biólogos não recomendam o uso de pesticidas para o controle de escorpiões - Foto MS
Os biólogos não recomendam o uso de pesticidas para o controle de escorpiões - Foto MS

No combate à ocorrência de escorpiões, é imprescindível conhecer a biologia do animal para impedir a proliferação destes no ambiente doméstico.

 

O período do verão – entre dezembro e março – exige maior cuidado em relação aos acidentes com escorpiões, pois o clima úmido e quente é tido pelas autoridades de saúde como ideal para o aparecimento em maior número desse tipo de animal peçonhento, que se abriga naturalmente em esgotos e entulhos. Mas isto não significa que não posssa haver infestações em outras estações do ano. Tudo depende dos habitos e cuidados com a limpeza,"A limpeza constante do ambiente e a adoção de hábitos simples, são fundamentais para prevenir o aparecimento e picadas de escorpiões". Afirma o biólogo Marcelo Cesar.

 

Imagem: Marlla R/TVAraraquara

 

Assim, cabe informar a população que o escorpião amarelo (Tityus serrulatus) é um aracnídeo de importância médica que vive e procria abundantemente em ambientes úmidos, sombreados e escuros, onde se escondem e se alimentam de pequenos animais como baratas, besouros e outros. Habitam notadamente as frestas das edificações, galerias e tubulações de drenagem de água e esgoto, caixa de gorduras, elétrica, telefonia, etc. Logo, os ambientes que reúnam estes fatores se tornam potenciais abrigos da fauna escorpiônica.

 

Estes locais favoráveis aos escorpiões são frequentes no espaço urbano e devem ser corrigidos no intuito de evitar o abrigo e a proliferação do escorpião amarelo nas edificações. No ambiente urbano, a orientação dos especialistas para evitar a entrada de escorpiões em casas e apartamentos é "usar telas em ralos de chão, pias e tanques, além de vedar frestas nas paredes e colocar soleiras nas portas". Diz o Biólogo Rodrigo Ilho. "Os cuidados incluem ações básicas comoa afastar camas e berços das paredes e sempre vistoriar roupas e calçados antes de usá-los" Concluí o especialista.

 

Imagem: Marlla R/TVAraraquara

 

Em áreas externas, a principal dica é manter jardins e quintais livres de entulhos, folhas secas e lixo doméstico.

 

Há relatos de que o tratamento com pesticidas não tem apresentado resultados  efetivos no controle das populações de escorpião; em certas ocasiões é reportado um efeito contrário, registrou-se o aumento da incidência do animal na superfície após a aplicação dos produtos defensivos.

 

Assim, as barreiras físicas como vedações, instalação de telas e ralos seguros são mais recomendadas para restringir a entrada e saída dos animais das frestas e tubulações e o acesso ao ambiente.

A cartilha anexa, elaborada pelos especialistas citados, pode ajudar com isso:

 

Editado por: Mike N.



Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados