Outono é um período que favorece os procedimentos vasculares

Publicado por: Editor Feed News
28/03/2023 09:32 AM
Exibições: 117
Cortesia Editorial Pixabay
Cortesia Editorial Pixabay

Ficar atento ao aparecimento de varizes e vasinhos e procurar tratamento podem precaver contratempos, aumentar a autoestima e prevenir problemas futuros

 

Embora as varizes e vasinhos possam ser considerados um problema estético, eles também podem afetar o bem-estar geral, e em alguns casos existe o risco de complicações, sobretudo quando o tratamento não é realizado por especialistas.  A intervenção adequada ajuda a prevenir e manter a saúde vascular.

 

Para os especialistas, alguns períodos do ano favorecem os procedimentos vasculares.  O outono, por exemplo, é uma estação que traz benefício para o paciente, pois, a partir desta temporada, existe uma redução na exposição das pernas ao sol, o que possibilita melhores resultados estéticos, e durante a recuperação sente-se menos desconforto. Outra vantagem é que  o paciente tem mais tempo para se recuperar e se preparar para o verão.

 

Conforme o cirurgião vascular e presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular – Regional São Paulo, Dr. Fabio Rossi, ficar atento ao aparecimento de varizes e vasinhos e procurar tratamento podem precaver contratempos, aliviar a dor, melhorar a capacidade de realizar atividades diárias, aumentar a autoestima e prevenir problemas futuros. Além disso, o resultado é melhor quando o tratamento é realizado precocemente.

 

Vale ressaltar que o aparecimento de varizes e vasinhos, apesar de aparentemente ser simples, pode ser a primeira manifestação de doenças mais graves, como levar à formação de úlceras, coágulos sanguíneos nas pernas com chances de provocar uma trombose venosa profunda, que ainda corre o risco de se deslocar para os pulmões e causar embolia pulmonar, além de também ocasionar a insuficiência venosa crônica, que é uma condição em que as veias das pernas não conseguem bombear sangue de volta para o coração de forma eficiente, e isso causa dor, inchaço e uma sensação de peso nas pernas.

 

As técnicas para o tratamento apresentam resultados clínicos favoráveis na atualidade, desde que realizadas por equipe experiente. A recomendação para tratar varizes e vasinhos depende do grau de gravidade da condição e das necessidades específicas de cada paciente. Algumas opções mais comuns incluem Escleroterapia, que é um procedimento em que um líquido ou espuma é injetado diretamente nas veias afetadas, causando a inflamação da parede interna da veia e levando à sua obstrução e eventual desaparecimento, sendo um procedimento historicamente consagrado.

 

A ablação por radiofrequência é uma técnica minimamente invasiva em que uma sonda de radiofrequência é inserida na veia afetada para fechá-la e permitir que o fluxo sanguíneo seja redirecionado para outras veias saudáveis. Já a ablação a laser transdérmico para os vasinhos, e o endovenoso para as varizes, é semelhante à ablação por radiofrequência, mas usa-se um laser em vez de energia de radiofrequência para fechar a veia afetada.

 

Para iniciar qualquer intervenção é essencial que o paciente seja avaliado por um médico vascular para que o método seja personalizado para cada caso, levando em consideração sua saúde geral, condições de tratamento e histórico familiar. O especialista é quem vai orientar em relação às melhores opções e critérios para a situação específica.

 

É importante lembrar que, em alguns casos, o método é realizado em etapas, com número de sessões variáveis para se obter o efeito esperado. E, em situações mais graves, pode ser necessário recorrer à cirurgia vascular para remover as veias afetadas, mas é também o especialista vascular que irá avaliar essa necessidade.

 

“Após a qualquer procedimento, é fundamental manter alguns hábitos para evitar que as varizes e os vasinhos voltem, como o uso da meia elástica, o controle do peso, dieta saudável, não fumar, manter a atividade física, alternar a posição de trabalho e repousar mais vezes com as pernas elevadas. Essas são medidas protetivas e importantes”, orienta o cirurgião vascular.

 

A SBACV-SP tem como missão levar informação de qualidade sobre saúde vascular para toda a população.

Com informações da Assessoria

Vídeos da notícia

Imagens da notícia

Categorias:
Tags:

Mais vídeos relacionados